Perguntas e Respostas

Qual a função do vereador?

R – O vereador atua no âmbito do Poder Legislativo Municipal fiscalizando os atos do Poder Executivo Municipal no cumprimento das leis municipais. Também elabora novas leis municipais e requer ao prefeito melhorias para a cidade. Na Câmara Municipal, propõe atividades (audiências públicas, sessões especiais, homenagens e moções) sobre temas diversos e de interesse da população.

O que é uma Câmara Municipal?

R – É a Casa Legislativa onde os vereadores atuam, configurando-se como poder independente que funciona, conforme a doutrina republicana, em harmonia com o Poder Executivo Municipal. O Poder Judiciário é o outro poder independente e harmônico com os demais poderes na estrutura republicana do Brasil. As Câmaras estabelecem, em nome da população, qual é a vontade da maioria, na busca de solução para os problemas coletivos. No aspecto fiscalização, se o prefeito não obedecer às leis, seu mandato pode ser questionado por crime de responsabilidade.

Qual a duração do mandato de um vereador?

R – A eleição para vereador acontece juntamente com a do prefeito de quatro em quatro anos.

Como é escolhida a Mesa Diretora da Câmara?

R – A eleição para a Mesa Diretora ocorre a cada dois anos por voto direto. Os vereadores lançam seus nomes para o cargo que pretendem ocupar na Mesa Diretora e a votação acontece em sessão no Plenário. É escolhido quem tiver maioria de votos. A mesa diretora é eleita para um mandato de dois anos com possibilidade de recondução na eleição do biênio seguinte.  A mesa é composta por: presidente, vice-presidente, 1º secretário e 2º secretário.

Como a população pode entrar em contato com os vereadores?

R – Neste portal (www.camaraandorinha.ba.gov.br) você encontra, na seção “Câmara Municipal > Vereadores”, o telefone e e-mail do gabinete de cada um deles. Há ainda a seção “Fale com a Câmara”, o endereço da Casa Legislativa e formulário para contatos.

A Câmara Municipal de Andorinha tem quantos vereadores?

R – 9 vereadores.

Como o vereador elabora uma lei municipal?

R – Para criar uma lei municipal, o vereador elabora um projeto de lei que versa sobre um tema específico. O projeto de lei tem que estar em conformidade com as demais leis (federal, estadual e municipal) e quem define a constitucionalidade da proposta é a Comissão de Legislação, Justiça, Postura e Redação Final da Câmara. Depois do parecer técnico, o projeto é votado em plenário, seguindo para o prefeito, que pode sancionar ou vetar.

Quais são as leis maiores?

R – Constituição Federal, Constituição Estadual e Lei Orgânica do Município.
A Lei Orgânica do Município estabelece, a partir da Constituição Federal, os poderes e competências do prefeito e dos vereadores, como esses poderes podem ser exercidos e controlados, os assuntos sobre os quais se pode legislar, o quorum para se aprovar uma lei (dois terços; maioria absoluta, ou seja, metade mais um dos vereadores; maioria simples, metade mais um dos vereadores presentes na sessão de votação).

Só os vereadores elaboram leis municipais?

R – Não. O prefeito, por meio de mensagem, também encaminha leis para apreciação da Câmara.
A população também pode elaborar uma lei: é a lei de iniciativa popular, que passou a existir com a Constituição de 1988.

Existem regras que balizam o funcionamento da Câmara?

R – Sim. Essas regras são estabelecidas pelo Regimento Interno, que funciona como principal instrumento das atividades dos vereadores e da Câmara em si.

Conforme o Regimento Interno, quais são as comissões permanentes da Câmara?

R – As comissões são órgãos formados por vereadores e que são destinados aos estudos de temas específicos às suas competências. As comissões permanentes são:

Comissão de Justiça e Redação;
Comissão de Educação, Saúde, Cultura, Assistência Social;
Comissão de Finanças, Contas, Orçamento, Obras e Serviços.

Além das comissões permanentes, existem outros colegiados?

R – Sim. São as comissões temporárias, que funcionam por um determinado período, a exemplo da Comissão Especial de julgamento de contas do Poder Executivo Municipal.

Como podemos saber das ações dos vereadores?

R – Por meio do Diário do Legislativo Municipal, que é disponibilizado no Portal da Câmara (http://camara.andorinha.ba.io.org.br/diarioOficial), bem como no site oficial da Câmara (www.camaraandorinha.ba.gov.br).

Quem pode se inscrever para falar na Tribuna Popular da Câmara?

R – A Tribuna Popular da Câmara Municipal de Andorinha é um espaço reservado a representantes de partidos políticos, sindicatos, associações de bairros, entidades estudantis, entidades populares e democráticas sem fins lucrativos, entre outras, para a exposição de assuntos de interesse público.

Previsto no Regimento Interno da Câmara e acessível através desse link, o espaço fica disponível sempre nas Sessões Ordinárias das quartas-feiras, dentro do expediente e antes do uso da palavra pelos vereadores inscritos.

Como posso me inscrever para participar da Tribuna Popular?

R – O cidadão que o desejar poderá usar da palavra durante a primeira discussão dos projetos de lei, inclusive os de iniciativa popular, para opinar sobre eles, desde que se inscreva em lista especial na Secretaria da Câmara, antes de iniciada a sessão. Ao se inscrever na Secretaria da Câmara, o interessado deverá fazer referência à matéria sobre a qual falará, não lhe sendo permitido abordar temas que não tenham sido expressamente mencionados na inscrição.

  • Fan Page
  • Câmara Municipal de Andorinha
  • Twitter
  • YouTue
  • LinkedIn

© Versão 2019 - Todos os direitos reservados.

Visite:

Av. R. José C de Carvalho, s/n – centro

Centro - Andorinha - BA

Ligue:

Tel: (74) 3529 - 1019